Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Imprensa Notícias 2019 dezembro Estufa produzirá mudas de hortaliças no modelo agroecológico
16/12/2019 - 19h00m

Estufa produzirá mudas de hortaliças no modelo agroecológico

Projeto passa funcionar na Cooperativa Pindorama, em Coruripe, com a participação de jovens e assistência técnica da Emater

Estufa produzirá mudas de hortaliças no modelo agroecológico

Texto: Ronaldo Lima

Fotos: Filipe Vieira

Jovens e adolescentes, filhos e netos de colonos da Cooperativa Pindorama, passam a contar a partir de agora com o projeto “Estufa para produção de mudas no modelo agroecológico”. A implantação é fruto de uma parceria com a Emater/AL, dentro do projeto “Amanhã de Pindorama”.

A estufa para produção de mudas de forma agroecológica passa a cultivar hortaliças, como alface, couve, pimentão, repolho, rúcula, beterraba, cebolinha, tomate, salsa e pimenta.

Como explica Graça Seixas, gerente de Ater da Emater/AL, tem como propósito a ocupação de mão de obra e geração de renda para os jovens e teve início em 2017 com um curso de capacitação em agroecologia, modulado, e vai possibilitar a comercialização na própria Cooperativa Pindorama, a exemplo de pimenta, maracujá e hortaliças.

"Além de contribuir com a formação dos filhos dos colonos, toda demanda da produção já tem mercado garantido na própria comunidade, com assistência técnica da Emater", afima Graça.

Além disso, também estão sendo produzidas espécies de ervas medicinais e aromáticas como hortelã, capim santo, boldo, cidreira, camomila, manjericão, alecrim, orégano, erva doce e vick.

Para o presidente da cooperativa Pindorama, Klecio Santos, o projeto implantado a partir de agora é fruto de uma parceria com a Emater e só traz bons frutos para os jovens da comunidade, trazendo mais oportunidades para a cooperativa e para o projeto "O amanhã de Pindorama", que é formado por filhos e netos dos cooperados. 

"A estufa como modelo produtivo é uma forma mais segura, um ambiente livre de pragas e gerar mudas de qualidade, além de possibilitar renda para a juventude", explica Klecio.

A estufa foi construída em uma área cedida pela Cooperativa Pindorama com dimensão de 06 por 12 metros, coberta com tela revestida de sombrite, bancadas internas para bandejas e tubetes.

Marinalva Nanes, uma das coordenadoras do projeto "O amanhã de Pindorama", explica que os jovens frequentam aulas no primeiro horário e praticam atividades de campo no segundo, como reforço, como forma de preparação para o empreendedorismo. "Com a instalação da estufa, cada aluno põe em prática o que aprende em sala de aula".

No projeto consta ainda produção de frutíferas, como maracujá e mamão, bem como espécies para reflorestamento a exemplo de ipê (roxo, amarelo e rosa), ingá e eucalipto.

Ações do documento