Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Imprensa Notícias 2018 Outubro Estudantes e produtores participam de curso de inseminação artificial em bovino
19/10/2018 - 12h38m

Estudantes e produtores participam de curso de inseminação artificial em bovino

Vantagens da inseminação, manejo de botijão e pré-cio estão entre os temas abordados

Estudantes e produtores participam de curso de inseminação artificial em bovino

Texto e fotos Ronaldo Lima

Alunos do curso Técnico Agropecuário do Campus Ifal de Satuba e pequenos produtores rurais estão tendo a oportunidade de aprender sobre as vantagens da inseminação artificial em bovino. A capacitação com aulas práticas e teóricas será concluída nesta sexta-feira (19), no Parque de Exposições Mair Amaral, em Batalha.

Promovido pelo Governo de Alagoas, por da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri), o curso tem carga horária de 40 horas, em parceria com a Prefeitura de Batalha, e possibilita aos participantes aptidão na prática de inseminação artificial bovina pelo método Shiva.

Alice Costa Souza, estudante do 3º ano do curso Técnico Agropecuário, reconhece que as técnicas repassadas durante o curso na teoria e na prática são de fácil assimilação e com o conteúdo de excelente aproveitamento. “Um aspecto que facilita ainda mais o nosso aprendizado são os equipamentos e as instruções dadas pelos instrutores”.

O secretário da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, Henrique Soares, destaca a importância do curso de capacitação, já que passa ser condição para que os criadores possam receber os sêmens que são distribuídos pelo governo de Alagoas.

“A inseminação artificial em bovinos na Bacia Leiteira tem garantido aos pequenos produtores rurais um rebanho com boa genética e uma melhor produção de leite”, assegura Henrique Soares.

Fransuel de Araújo, produtor rural de Batalha, explica que pretende mudar de atividade no campo e o curso vai possibilitar aprofundar técnicas sobre a pecuária, principalmente na produção de leite e no manejo com animais. “Aprender nunca é demais, especialmente na área que a gente vai investir”.

Entre os temas abordados durante a capacitação estão a características do sêmen, cuidados e manuseio com o botijão criogênico, cios, estudo do aparelho reprodutor da fêma bovina, entre outros. O encerramento acontece nesta sexta-feira (19), com entrega de certificados aos participantes.

 

Rogério Madeiro, médico veterinário e coordenador do curso, responsável pelas aulas teóricas e práticas, explica que o curso traz benefícios tanto para os pequenos produtores quanto para a formação profissional dos alunos.

null
Ações do documento