Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Notícias Notícias 2016 Comissão de Grãos define áreas de experimento com milho e soja em 2016
27/04/2016 - 11h24m

Comissão de Grãos define áreas de experimento com milho e soja em 2016

Governo do Estado aguarda a publicação do zoneamento agroecológico para o milho e a soja em Alagoas, realizado pela Embrapa, para discutir o financiamento das duas culturas junto às instituições financeiras.

Experimentos conduzidos pela Seagri e pela Embrapa serão realizados nas regiões do Tabuleiro de São Miguel dos Campos e Junqueiro, na Região Norte, na Zona da Mata e no Agreste alagoano.
Experimentos conduzidos pela Seagri e pela Embrapa serão realizados nas regiões do Tabuleiro de São Miguel dos Campos e Junqueiro, na Região Norte, na Zona da Mata e no Agreste alagoano.
Fotos: Ascom/ Seagri
 

Os integrantes da comissão responsável pelo andamento do Programa de Incentivo à Produção de Grãos de Alagoas realizaram, na segunda-feira (25), a primeira reunião técnica. No encontro, foram definidas as áreas do Estado onde serão realizados os experimentos com milho e soja no ano de 2016.

De acordo com o superintendente de Desenvolvimento Agropecuário da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri), Hibernon Cavalcante, presidente da Comissão de Grãos, os experimentos conduzidos pela própria Seagri e pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) serão realizados nas regiões do Tabuleiro de São Miguel dos Campos e Junqueiro, na Região Norte, na Zona da Mata e no Agreste alagoano.

“Com as variedades de milho e soja que foram apontadas como as mais produtivas para o solo alagoano nas pesquisas de 2015, vamos agora buscar identificar as áreas do Estado onde essas culturas se adaptam melhor. Este ano, queremos duplicar a produção de soja, que foi de 800 toneladas no ano passado, e melhorar o resultado do milho, que já foi muito satisfatório”, disse o superintendente.

O secretário da Agricultura, Álvaro Vasconcelos, participou do debate e destacou o interesse das entidades que solicitaram sua inclusão na Comissão de Grãos este ano. “Em 2015, a comissão tinha 20 integrantes. Este ano, ingressaram no grupo o Sebrae, uma indústria de máquinas agrícolas de São Paulo, duas revendas de tratores de Alagoas e uma indústria de fertilizantes. Esse interesse demonstra o sucesso do Programa de Grãos em 2015 e esses novos parceiros vão contribuir muito no desenvolvimento das ações este ano”, disse.

O secretário lembrou ainda que o Governo do Estado aguarda a publicação do zoneamento agroecológico para o milho e a soja em Alagoas, realizado pela Embrapa, para discutir o financiamento das duas culturas junto às instituições financeiras.

“O zoneamento está pronto e aguardamos sua publicação pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Esse trabalho da Embrapa é essencial para que o produtor interessado em investir no milho e na soja consiga o financiamento junto aos bancos. E o Governo dará todo apoio a esse produtor, com os olhos voltados para a diversificação da agricultura no Estado”, garantiu Vasconcelos.

Na próxima segunda-feira (1º), a Comissão de Grãos volta a se reunir na sede da Federação da Agricultura e Pecuária de Alagoas (Faeal) para definir os papéis, encargos e atribuições de cada um dos parceiros que integram o grupo.

Ações do documento