Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Notícias Notícias 2010 Abril Estímulo à produção: Agricultores participam de concurso para aumentar produtividade de milho
22/04/2010 - 10h20m

Estímulo à produção: Agricultores participam de concurso para aumentar produtividade de milho

Competição foi lançada nesta quarta-feira em Poço das Trincheiras, com a presença do governador Teotonio Vilela Filho

Estímulo à produção: Agricultores participam de concurso para aumentar produtividade de milho

Técnicos explicam que com semente de qualidade, espaçamento e adubação orgânica, em 1,5 hectare é possível colher 36 sacas de milho

Diego Barros

Os agricultores do Sertão que plantam milho já podem se inscrever no concurso que estimula a produtividade por hectare plantado. O lançamento do concurso foi feito nesta quarta-feira (21), na zona rural de Poço das Trincheiras, Sertão do Estado, com a presença do governador Teotonio Vilela Filho.

De acordo com o técnico extensionista José Valmiro Gomes, organizador do concurso de produtividade de milho, 1,5 hectare plantado sem adubação, com sementes de baixa qualidade e com espaçamento maior, produz em torno de seis sacos de milho. “E é isso o que tem ocorrido no Sertão: o agricultor vem tendo prejuízo e precisa ser orientado para conseguir aumentar sua produção”, explicou Valmiro.

Por outro lado, ele contou que, quando utiliza sementes de qualidade, espaçamento adequado e adubação orgânica ou química, a produção pode chegar a 36 sacos para cada 1,5 hectare. “É possível conviver com a seca otimizando a produção. Existem muitas ações para que o homem do Sertão possa viver com dignidade na sua terra, e essa é uma das iniciativas”, afirmou o governador, dirigindo-se ao organizador do concurso, José Valmiro Gomes.

O governador também citou o andamento das obras do Canal do Sertão, cuja primeira etapa será inaugurada até o fim do ano e, além da irrigação, vai estimular a criação de ovinos e caprinos. “A água será para o consumo humano, pra plantar, dar aos animais, ao gado. É água para o desenvolvimento. É mais uma vertente de condições para o sertanejo”, destacou Teotonio Vilela, que também lembrou da reestruturação do serviço de assistência técnica e extensão rural. “Até junho serão 356 técnicos em campo, orientando os agricultores, inclusive aqui no Sertão”, argumentou.

Os interessados em participar do concurso devem se inscrever na sede do Movimento das Organizações Comunitárias Rurais de Poço das Trincheiras, na Rua São José, ou ligar para o telefone (82) 9969-9444. O período da colheita será de 1 a 30 de outubro, e a premiação dos primeiros lugares será em novembro.

Dia de campo sobre palma — Também foi realizado um dia de campo para estímulo ao cultivo da palma de modo superadensado e com adubação. Os agricultores puderam conferir um módulo de palma superadensada e outro cultivado sem adubação e com espaçamento maior entre cada planta.

Segundo o secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário, Jorge Dantas, a palma é a segunda cultura mais plantada em Alagoas, perdendo apenas para a cana-de-açúcar. “São cerca de 200 mil hectares plantados com palma. Isso prova a importância dessa cultura para agricultura familiar e para a produção de leite”, frisou Dantas.

Os agricultores também contaram com a orientação de técnicos da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal) sobre as pragas que podem atingir a cultura da palma, especialmente a cochonilha do carmin, que ainda não existe em Alagoas, mas que já dizimou o palmal da Paraíba e está atacando Pernambuco.

Acompanharam o lançamento do concurso de produtividade de milho e o dia de campo sobre a palma deputados federais, estaduais, prefeitos, ex-prefeitos e vice-prefeitos da região, vereadores, gestores de órgãos públicos e dezenas de agricultores e estudantes.
FONTE: SECOM-AL
Ações do documento