Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Notícias Instituições financeiras debatem melhorias para agricultores do Canal do Sertão
02/12/2015 - 11h48m

Instituições financeiras debatem melhorias para agricultores do Canal do Sertão

Conselho Estadual da Agricultura Familiar coordenou debates durante reunião ordinária

Instituições financeiras debatem melhorias para agricultores do Canal do Sertão

Melhorias aos agricultores de regiões próximas ao Canal do sertão foi um dos temas debatidos em reunião do Cedafra (Foto: Márcio Ferreira)

Texto e foto: Vinícius Rocha

 

Formas de financiamento entre cooperativas e instituições, execução de projetos, programas de assistência técnica, extensão rural (Ater) e crédito rural para produtores foram um dos temas abordados pelo Conselho Estadual de Desenvolvimento da Agricultura Familiar e Reforma Agrária (Cedafra), órgão ligado ao Governo do Estado.

O debate ocorreu com instituições financeiras públicas – que já fazem parte do Conselho -, para benefícios aos agricultores de regiões próximas ao Canal do sertão, durante encontro ocorrido na terça-feira (17)

Para Álvaro Vasconcelos, secretário de Estado de Agricultura e presidente do Conselho, é importante que os agentes financeiros estabeleçam parceria através do Cedafra, as associações e cooperativas de todo o Estado não só da região do Canal do Sertão.

“Com esse material ilustrativo, nós podemos distribuir com os conselheiros do Cedafra e com as associações as informações para que pessoas que têm o interesse naquele pequeno produtor passe a compreender melhor as vantagens que as linhas de crédito apresentam em relação aos juros de cada financiamento”, explica.

Instituições financeiras debatem melhorias para agricultores do Canal do Sertão

 

Além disso, Banco do Brasil, Banco do Nordeste e Caixa Econômica Federal apresentaram linhas de crédito, taxas de juros, e condições de pagamento disponíveis aos agricultores familiares alagoanos, através do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e seus respectivos segmentos, como o Pronaf Mulher, Pronaf Jovem, Pronaf Agroecologia e Pronaf Mais Alimentos no ano de 2015 e para 2016.

 O secretário executivo do Cedafra e presidente do Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Alagoas (Emater-AL), Carlos Dias, vê essa discussão como um ponto fundamental para que a Emater consiga continuar avançando no desenvolvimento da agricultura familiar.

 “Nós precisamos de uma carteira de crédito que dê sustentabilidade ao processo de assistência técnica e extensão rural. Então, é necessário discutir mecanismos que possibilitem uma assistência contínua ao pequeno produtor e isso passa também pelos programas desenvolvidos junto aos bancos, mas essencialmente pelo Pronaf”, reforça Dias.

Água Para Todos

 Ainda durante a reunião do Cedafra, a ASA (Articulação no Semiárido) fez o pedido de construção de 378 cisternas no município de Taquarana, através do programa Água Para Todos e que atenderiam três comunidades quilombolas deste município.

Ações do documento